Compre clomipramina sem receita

Compre clomipramina sem receita ? Você quer mais informação ? ou apenas peça clomipramina hcl conectados agora sem esforço.

Encomende clomipramina sem receita

Compre clomipramina sem receita

Você está procurando o melhor lugar para comprar clomipramina conectados? Neste site você pode ver onde pode solicitar este medicamento sem receita médica. Se você quiser fazer mais pesquisas iniciais, não se preocupe porque nossa equipe reuniu todas as informações de importação sobre este medicamento. Esta droga pertence ao Antidepressivos medicamentos e é considerado seguro por vários médicos para solicitar online. você quer saber mais? Em seguida, verifique o perguntas frequentes, como comprar clomipramina sem receita ou verifique todos os preços deste medicamento.

Anafranil (clomipramina)

A clomipramina é usada para tratar o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)

Preço baixo diário *

Pedido de clomipramina sem preços de prescrição

Na tabela a seguir você pode ver onde você pode pedir clomipramina sem usar receita, revisores de UMC-Cares.org verificaram muitos fornecedores na internet e chegaram à conclusão de que Medpillstore.com tem o melhores preços de clomipramina sem necessidade de receita. Esta empresa envia para todo o mundo (exceto para os EUA / Canadá), seu estoque está localizado na UE e no exterior, além de fornecer remessa segura, confiável e discreta após você ter optado por comprar Clomipramina sem recibo.
DosagemQuantidadePreçoNo carrinho
10 mg (EU2EU)
10 mg (EU2EU)
10 mg (EU2EU)
10 mg (EU2EU)
10 mg (EU2EU)

Sobre clomipramina

A clomipramina é usada para tratar o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Ajuda a diminuir pensamentos persistentes / indesejados (obsessões) e ajuda a reduzir o desejo de realizar tarefas repetidas (compulsões como lavar as mãos, contar, verificar) que interferem na vida diária.

Como comprar clomipramina sem receita

  1. Procurar Clomipramina variantes

    Pode haver mais Variantes de clomipramina disponíveis . A diferença dificilmente está no ingrediente ativo. A diferença depende do fornecedor ou da marca. Se houver várias variantes, temos no topo da página uma lista.

  2. Decida qual quantidade de clomipramina é a mais adequada

    A clomipramina está disponível em vários tamanhos de embalagens diferentes. Veja qual quantidade melhor atende às suas necessidades, veja todas as quantidades de pedido possíveis aqui.

  3. Encomende clomipramina online

    Encomende Clomipramina e beneficie-se de até 70% dos preços normais. Quero aprender mais sobre clomipramina preços e descontos? Em seguida, verifique todos os opções agora.

Visão geral

A clomipramina é usada para tratar o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Ajuda a diminuir pensamentos persistentes / indesejados (obsessões) e ajuda a reduzir o desejo de realizar tarefas repetidas (compulsões como lavar as mãos, contar, verificar) que interferem na vida diária. Este medicamento pertence a uma classe de medicamentos chamados antidepressivos tricíclicos. Ele age restaurando o equilíbrio de certas substâncias naturais (serotonina, entre outras) no cérebro.
Como usar

Leia o Guia de Medicamentos fornecido pelo seu farmacêutico antes de começar a tomar clomipramina e toda vez que receber uma recarga. Se você tiver alguma dúvida, pergunte ao seu médico ou farmacêutico. Tome este medicamento por via oral, com ou sem alimentos, conforme indicado pelo seu médico. Para diminuir os efeitos colaterais, como dores de estômago, a clomipramina pode ser iniciada em uma dose baixa, administrada em várias doses durante o dia com as refeições, e aumentada lentamente conforme seu corpo se acostuma. Depois de atingir a melhor dose para você, a dose total pode ser tomada uma vez ao dia, geralmente ao deitar para prevenir a sonolência diurna ou conforme indicado pelo seu médico. Siga as instruções do seu médico cuidadosamente. Não tome mais ou menos medicamentos ou com mais freqüência do que o prescrito. Sua condição não vai melhorar mais rapidamente e o risco de efeitos colaterais, como convulsões, pode aumentar. A dosagem é baseada na sua condição médica e na resposta à terapia. Evite comer toranja ou beber suco de toranja durante o tratamento com este medicamento, a menos que seu médico instrua o contrário. A toranja pode aumentar a quantidade de certos medicamentos na corrente sanguínea. Consulte seu médico ou farmacêutico para mais detalhes. Use este medicamento regularmente para obter o máximo benefício dele. Continue tomando mesmo que se sinta bem. Para ajudá-lo a se lembrar, use-o no (s) mesmo (s) horário (s) todos os dias. Não pare de tomar este medicamento repentinamente sem consultar o seu médico. Algumas condições podem piorar quando o medicamento é interrompido abruptamente. Você pode sentir sudorese, tontura, náusea, vômito, dor de cabeça ou irritabilidade se parar repentinamente de tomar este medicamento. A sua dose pode precisar de ser gradualmente reduzida. Pode levar 2 a 3 semanas ou mais antes que todos os efeitos deste medicamento sejam notados. Informe o seu médico se a sua condição persistir ou se piorar.

Efeitos colaterais

Podem ocorrer tonturas, sonolência, boca seca, prisão de ventre, dores de estômago, náuseas, vómitos, alterações no apetite / peso, rubor, sudação, cansaço e visão turva. Os sintomas de ansiedade podem piorar temporariamente quando você começa a tomar clomipramina. Se algum desses efeitos persistir ou piorar, informe o seu médico ou farmacêutico imediatamente. Para aliviar a boca seca, chupe rebuçados (sem açúcar) ou pedaços de gelo, masque chicletes (sem açúcar), beba água ou use um substituto da saliva. Para prevenir a constipação, coma fibras dietéticas, beba bastante água e faça exercícios. Você também pode precisar tomar um laxante. Pergunte ao seu farmacêutico qual o tipo de laxante certo para você. Lembre-se de que seu médico prescreveu este medicamento porque ele julgou que o benefício para você é maior do que o risco de efeitos colaterais. Muitas pessoas que usam este medicamento não apresentam efeitos colaterais graves. Informe o seu médico imediatamente se tiver quaisquer efeitos colaterais graves, incluindo: alterações mentais / de humor (por exemplo, confusão, depressão, problemas de memória), seios aumentados / doloridos, produção indesejada de leite materno, menstruação irregular / dolorosa, rigidez muscular, zumbido nos ouvidos, problemas sexuais (por exemplo, diminuição da capacidade sexual, mudanças no desejo), tremores (tremores), dormência / formigamento nas mãos / pés, dificuldade para urinar, hematomas / sangramento fácil, movimentos incomuns / descontrolados (especialmente da língua / face / lábios), forte dor de estômago / abdominal, urina escura, olhos / pele amarelados. Este medicamento pode aumentar a serotonina e raramente causar uma condição muito séria chamada síndrome / toxicidade da serotonina. O risco aumenta se também estiver a tomar outros medicamentos que aumentam a serotonina, por isso informe o seu médico ou farmacêutico sobre todos os medicamentos que toma. Obtenha ajuda médica imediatamente se desenvolver algum dos seguintes sintomas: batimento cardíaco acelerado, alucinações, perda de coordenação, tontura severa, náusea / vômito / diarréia severa, contração muscular, febre inexplicada, agitação incomum / inquietação. Obtenha ajuda médica imediatamente se tiver quaisquer efeitos colaterais muito graves, incluindo: fezes pretas, dor no peito, desmaios, batimento cardíaco lento / rápido / irregular, convulsões, vômito que se parece com borra de café, dor / inchaço / vermelhidão nos olhos, pupilas dilatadas, mudanças na visão (como ver arco-íris ao redor das luzes à noite). Uma reação alérgica muito grave a este medicamento é rara. No entanto, procure ajuda médica imediatamente se notar quaisquer sintomas de uma reação alérgica grave, incluindo: febre, inchaço dos gânglios linfáticos, erupção cutânea, comichão / inchaço (especialmente da face / língua / garganta), tonturas graves, dificuldade em respirar. Esta não é uma lista completa de possíveis efeitos colaterais. Se você notar outros efeitos não listados acima, entre em contato com o seu médico ou farmacêutico.

Precauções

Antes de tomar clomipramina, informe o seu médico ou farmacêutico se você é alérgico a ela; ou a outros antidepressivos tricíclicos (por exemplo, imipramina, nortriptilina); ou se você tem alguma outra alergia. Este produto pode conter ingredientes inativos, que podem causar reações alérgicas ou outros problemas. Fale com o seu farmacêutico para mais detalhes. Antes de usar este medicamento, informe o seu médico ou farmacêutico seu histórico médico, especialmente de: problemas sanguíneos (por exemplo, púrpura, trombocitopenia), problemas respiratórios (por exemplo, asma, bronquite crônica), histórico pessoal ou familiar de glaucoma (tipo de ângulo fechado) , transtornos alimentares (por exemplo, bulimia), problemas cardíacos (por exemplo, arritmias, doença arterial coronariana, ataque cardíaco recente), problemas intestinais (por exemplo, constipação crônica, íleo), problemas hepáticos, problemas renais, história pessoal ou familiar de outros problemas mentais / condições de humor (por exemplo, transtorno bipolar, esquizofrenia), história de hospitalização por uma reação muito grave a certos medicamentos (síndrome neuroléptica maligna), azia / ácido estomacal no esôfago (por exemplo, devido a hérnia hiatal), convulsões, tireoide hiperativa (hipertireoidismo ), dificuldade para urinar (retenção urinária, próstata aumentada), qualquer condição que possa aumentar o risco de convulsões (por exemplo, dependência de álcool / sedativo, uso de terapia eletroconvulsiva, lesão / doença cerebral), certos tipos es de tumores (por exemplo, feocromocitoma, neuroblastoma). A clomipramina pode causar uma condição que afeta o ritmo cardíaco (prolongamento do intervalo QT). O prolongamento do intervalo QT raramente pode causar batimentos cardíacos rápidos / irregulares graves (raramente fatais) e outros sintomas (como tonturas graves, desmaios) que requerem atenção médica imediata. O risco de prolongamento do QT pode aumentar se você tiver certas condições médicas ou estiver tomando outros medicamentos que podem causar prolongamento do QT. Antes de usar clomipramina, informe o seu médico ou farmacêutico sobre todos os medicamentos que você toma e se você tem alguma das seguintes condições: certos problemas cardíacos (insuficiência cardíaca, batimento cardíaco lento, prolongamento QT no EKG), história familiar de certos problemas cardíacos (QT prolongamento no EKG, morte cardíaca súbita). Níveis baixos de potássio ou magnésio no sangue também podem aumentar o risco de prolongamento do intervalo QT. Este risco pode aumentar se você usar certos medicamentos (como diuréticos / "pílulas de água") ou se tiver condições como sudorese intensa, diarreia ou vômito. Converse com seu médico sobre o uso seguro de clomipramina. Este medicamento pode causar tonturas ou sonolência ou turvar temporariamente a sua visão. Álcool ou maconha (cannabis) podem deixá-lo mais tonto ou sonolento. Não conduza, utilize máquinas, ou faça qualquer coisa que precise de atenção ou visão desobstruída até que possa fazê-lo com segurança. Limite as bebidas alcoólicas. Converse com seu médico se você estiver usando maconha (cannabis). Para diminuir a tontura e a sensação de desmaio, levante-se lentamente ao levantar-se de uma posição sentada ou deitada. Antes da cirurgia, informe o seu médico ou dentista que está tomando este medicamento. Aconselha-se cautela ao usar este medicamento em crianças que participam de esportes ativos, pois pode aumentar o risco de problemas cardíacos. (Consulte também a seção de Advertências.) Os adultos mais velhos podem ser mais sensíveis aos efeitos colaterais deste medicamento, especialmente sangramento, confusão, tontura e prolongamento do intervalo QT (ver acima). Tonturas e confusão podem aumentar o risco de queda. Os adultos mais velhos também podem apresentar maior probabilidade de desenvolver baixo teor de sódio no sangue, especialmente se estiverem tomando "pílulas de água" (diuréticos). Este medicamento deve ser usado somente quando claramente necessário durante a gravidez. Recém-nascidos expostos à clomipramina durante a gravidez podem apresentar sintomas de abstinência ou efeitos colaterais. Informe o seu médico imediatamente se você notar nervosismo, tremores, problemas de alimentação, respiração rápida ou convulsões em seu recém-nascido. Como os problemas mentais / de humor não tratados (como transtorno obsessivo-compulsivo, depressão, ataque de pânico) podem ser uma condição séria, não pare de tomar este medicamento a menos que seja orientado pelo seu médico. Se você está planejando engravidar, engravidar ou achar que pode estar grávida, discuta imediatamente com seu médico os benefícios e riscos do uso deste medicamento durante a gravidez. Este medicamento passa para o leite materno e pode ter efeitos indesejáveis no lactente. Consulte seu médico antes de amamentar.

Armazenamento

Armazene em temperatura ambiente longe de luz e umidade. Não armazene no banheiro. Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação. Não jogue os medicamentos no vaso sanitário ou despeje-os no ralo, a menos que seja instruído a fazê-lo. Descarte este produto apropriadamente quando expirar ou não for mais necessário. Consulte seu farmacêutico ou empresa local de eliminação de resíduos.

interações

Veja também a seção Como Usar. As interações medicamentosas podem mudar o funcionamento dos medicamentos ou aumentar o risco de efeitos colaterais graves. Este documento não contém todas as interações medicamentosas possíveis. Mantenha uma lista de todos os produtos que você usa (incluindo medicamentos controlados / não prescritos e produtos à base de plantas) e compartilhe-a com seu médico e farmacêutico. Não inicie, pare ou altere a dosagem de qualquer medicamento sem a aprovação do seu médico. Alguns produtos que podem interagir com este medicamento incluem: anticolinérgicos (por exemplo, atropina, alcalóides de beladona, escopolamina), certos medicamentos para hipertensão (por exemplo, clonidina, guanetidina), cisaprida, digoxina, suplementos de tireoide, ácido valpróico, medicamentos que podem causar sangramento / hematomas (por exemplo, "anticoagulantes", como varfarina / heparina, medicamentos antiplaquetários, incluindo aspirina ou AINEs, como ibuprofeno). Tomar inibidores da MAO com este medicamento pode causar uma interação medicamentosa séria (possivelmente fatal). Evite tomar inibidores da MAO (isocarboxazida, linezolida, azul de metileno, moclobemida, fenelzina, procarbazina, rasagilina, safinamida, selegilina, tranilcipromina) durante o tratamento com este medicamento. A maioria dos inibidores da MAO também não deve ser tomada duas semanas antes e depois do tratamento com este medicamento. Pergunte ao seu médico quando começar ou parar de tomar este medicamento. O risco de síndrome da serotonina / toxicidade aumenta se você também estiver tomando outros medicamentos que aumentam a serotonina. Os exemplos incluem drogas de rua como MDMA / "ecstasy", erva de São João, certos antidepressivos (incluindo SSRIs como fluoxetina / paroxetina, SNRIs como duloxetina / venlafaxina), entre outros. O risco de síndrome da serotonina / toxicidade pode ser mais provável quando você inicia ou aumenta a dose desses medicamentos. Muitos medicamentos além da clomipramina podem afetar o ritmo cardíaco (prolongamento do intervalo QT), incluindo amiodarona, dofetilida, quinidina, sotalol, pimozida, procainamida, antibióticos macrolídeos (como a eritromicina), entre outros. Portanto, antes de usar clomipramina, informe ao seu médico ou farmacêutico todos os medicamentos que está usando. Outros medicamentos podem afetar a remoção da clomipramina do corpo, o que pode afetar o modo como a clomipramina atua. Os exemplos incluem arteméter / lumefantrina, barbitúricos (como fenobarbital), cimetidina, haloperidol, certos medicamentos para o ritmo cardíaco (como flecainida / propafenona), certos inibidores da protease de HIV (como fosamprenavir), fenotiazinas (como tioridazina), certos anti- drogas para apreensão (como a fenitoína), terbinafina. Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando outros produtos que causam sonolência, incluindo álcool, maconha (cannabis), anti-histamínicos (como cetirizina, difenidramina), medicamentos para o sono ou ansiedade (como alprazolam, diazepam, zolpidem), relaxantes musculares (como como carisoprodol, ciclobenzaprina) e analgésicos opióides (como codeína, hidrocodona). Verifique cuidadosamente todos os rótulos de medicamentos prescritos e não prescritos, pois muitos medicamentos contêm analgésicos / redutores de febre (AINEs como aspirina, ibuprofeno, naproxeno) que, se tomados junto com este medicamento, podem aumentar o risco de sangramento. A aspirina em baixa dosagem, conforme prescrita pelo seu médico por razões médicas específicas, como ataque cardíaco ou prevenção de derrame (geralmente em doses de 81-325 miligramas por dia), deve ser continuada. Consulte seu médico ou farmacêutico para mais detalhes. Verifique os rótulos de todos os seus medicamentos (por exemplo, produtos para tosse e resfriado) porque eles podem conter ingredientes que contêm sonolência ou descongestionantes que podem aumentar sua frequência cardíaca ou pressão arterial. Pergunte ao seu farmacêutico sobre o uso seguro desses produtos. O tabagismo diminui os níveis sanguíneos deste medicamento. Informe o seu médico se você fuma ou se parou de fumar recentemente.

Overdose

Se alguém tiver uma overdose e apresentar sintomas graves, como desmaio ou dificuldade para respirar, ligue para os serviços de emergência. Caso contrário, chame um centro de controle de veneno imediatamente. Os residentes do Canadá podem ligar para um centro de controle de veneno da província. Os sintomas de sobredosagem podem incluir: batimento cardíaco rápido / irregular, tonturas graves, desmaios, delírio, convulsões, perda de consciência.

https://www.youtube.com/watch?v=vEn_AreNbMc

Atualizado em 5 de março de 2021 por admin

pt_BRPortuguês do Brasil